Assembleia de fevereiro do Cosems RJ reúne gestores municipais de saúde fluminenes

por / segunda-feira, 18 fevereiro 2019 / Categoria Assembléia, Destaques

No dia 07 de fevereiro, o Cosems RJ realizou sua assembleia mensal. Gestores e técnicos estiveram reunidos para acompanhar as apresentações e debates e definir a pauta a ser pactuada durante a Comissão Intergestores Bipartide (CIB), que aconteceu na parte da tarde.

Um dos itens apresentados durante a reunião foi a iniciativa que prevê ações de controle e enfrentamento da obesidade no Estado do Rio de Janeiro. O projeto possui três eixos de ação que incluem pesquisa, avaliação de estratégias e os desafios para a implementação do cuidado nesse contexto. “Um dos focos é a formação de profissionais e gestores por meio de cursos de qualificação. As capacitações devem envolver 34 municípios fluminenses e serão realizadas com uma parte presencial e outra à distância”, reforçou a representante da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Luciana Maria Cerqueira Castro, que apresentou a lista dos municípios fluminenses que demonstraram interesse.

A resolução SES Nº 1788 da Secretaria de Estado e Saúde do Estado do Rio de Janeiro (SES-RJ), sobre a ampliação dos serviços de média complexidade e que tem um valor previsto de R$ 14.855.452,86 milhões mensais, já discutida na assembleia de janeiro, voltou a pauta. Representantes da SES RJ apresentaram a Resolução com um Termo de Adesão com formulário e planilha em anexo. Está sendo realizada uma prévia com 26 municípios e a proposta é de que seja um financiamento permanente e será avaliada a forma de ampliar os serviços para outras necessidades.

Durante o encontro, o Curso de Especialização em Gestão de Políticas de Saúde Informadas por Evidências, do hospital Sírio Libanês foi divulgado. A capacitação, que já está em sua terceira edição, será sediada na região Metropolitana II, no município de Niterói. Serão realizados encontros presenciais e atividades à distância. Os critérios de inscrição foram apresentados. 

O assessor jurídico do Cosems RJ, Mauro Silva, destacou as principais portarias do período e o também assessor jurídico, Julio Dias, anunciou que o preenchimento dos dados do 1º ao 5º bimestre do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (SIOPS) já está disponível, mas ainda não para homologação. “A partir do dia 31 de janeiro, os municípios receberão uma notificação automática do sistema e nenhum município será prejudicado, já que haverá uma prorrogação do prazo até 03 de março”, explicou Julio.

O assessor técnico do Cosems RJ, Manoel Santos, lembrou aos gestores a importância em responder o questionário disponível online sobre o Modelo de Assistência Farmacêutica e apresentou as datas do seminário sobre Assistência Farmacêutica.

O novo secretário de saúde do município de Bom Jesus de Itabapoana, Edson Neto, recebeu as boas-vindas durante o encontro.

CIB

Na parte da tarde, foi realizada a reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB RJ). Foram pactuados itens de credenciamento e teto financeiro e outros informes. Na reunião, o superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da SES-RJ, Mario Sergio Ribeiro, apresentou o cenário epidemiológicos das arboviroses e da cobertura vacinal contra a Febre Amarela no Estado. O especialista trouxe um panorama dos casos por região. A presidente do Cosem RJ, Maria da Conceição de Souza Rocha lembrou aos gestores a importância da mobilização. “Os municípios precisam trabalhar a conscientização em relação à vacina da febre amarela e, ao mesmo tempo, realizar ações de prevenção contra o Aedes aegypti”, ressaltou.

Segundo o especialista, o panorama continua o mesmo, com a atenção voltada para o aumento de casos de chikungunya (14.072 casos de dengue; 2.261 casos de zika vírus; e 37.000 de chikungunya). Quanto à cobertura vacinal contra a Febre Amarela, Mario Sérgio alertou para a necessidade de sensibilizar a população para que procure o posto de saúde para receber a vacina. 


TOP