CARTA DE APOIO À GARANTIA DO PLENO FUNCIONAMENTO DA UERJ

por / segunda-feira, 16 janeiro 2017 / Categoria Destaques, Notícias da Saúde

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio de Janeiro (Cosems RJ) torna público seu apoio irrestrito à garantia do pleno e adequado funcionamento da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), fortemente prejudicado pela grave crise econômica que o Estado do Rio de Janeiro atravessa.

Um dos principais centros universitários do país, a UERJ conta atualmente com cerca de 35 mil alunos inscritos em seus cursos de graduação e 6 mil nos de pós-graduação. Com uma boa parcela desses estudantes se dedicando a carreiras da área de saúde e correlatas, a UERJ é um centro estratégico de formação de profissionais para o Sistema Único de Saúde (SUS). A instituição desempenha, ainda, um papel fundamental na Saúde em nosso Estado pelo viés do serviço, pois mantém e gerencia o Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE) e a Policlínica Piquet Carneiro (PPC), que além de serem centros de formação de profissionais de saúde, são unidades de assistência à população. O HUPE responde por cerca de 10 mil internações e 180 mil consultas ambulatoriais especializadas por ano. Já a PPC é responsável por mais de 200 mil consultas e cerca de 8 mil cirurgias ambulatoriais anuais.

Nós, em nome dos gestores municipais de saúde, lutamos pela valorização das instituições públicas e reforçamos a ideia de que só há progresso e aprimoramento da democracia com educação de qualidade. Diante da profunda crise que se estende há meses, reiteramos nosso apoio aos docentes, servidores e estudantes da UERJ. Apelamos para que as autoridades competentes se empenhem na busca de recursos e condições para que a instituição continue a exercer sua missão com excelência, elevando a qualidade do ensino e do serviço público no Estado.


TOP