Nota de apoio à democracia na Fiocruz

por / segunda-feira, 02 janeiro 2017 / Categoria nota, Notícia em Destaque, Notícias Cosems RJ

O Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio de Janeiro (Cosems RJ) viu com preocupação a notícia veiculada no jornal O Globo de 29/12/2016 de que a segunda colocada nas eleições para a presidência da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Tania Araújo-Jorge, seria nomeada pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, para ocupar a presidência daquela instituição.

Recentemente a Fiocruz realizou suas eleições diretas, com a participação de 82,1% de seus servidores. A candidata mais votada foi a pesquisadora Nísia Verônica Trindade Lima, que obteve 2.556 votos, o equivalente a quase 60% do total. A também pesquisadora Tania Araújo-Jorge obteve 1.695 votos. Após a homologação pelo Conselho Deliberativo da instituição, o resultado foi encaminhado ao ministro da Saúde Ricardo Barros para que fosse referendada a decisão da maioria.

O Cosems RJ se manifesta a favor da nomeação de Nísia Verônica Trindade Lima, vencedora das eleições, como presidente da Fiocruz. Defendemos o processo democrático interno desta instituição de excelência, reconhecida nacional e internacionalmente, e que tem papel central na saúde pública.

Diretoria – Cosems RJ


TOP