Saúde da Pessoa Idosa: lançado edital 2017 para experiências exitosas

por / quarta-feira, 05 julho 2017 / Categoria Notícias da Saúde

O que tem em comum Prudentópolis, no Paraná; Solânea, na Paraíba; Gurupá, no Pará; Brazabrantes, em Goiás; e Araruama, no Rio de Janeiro? O mesmo que as capitais Curitiba, João Pessoa, Terezinha, Goiânia e Rio de Janeiro! Ou seja, todas essas cidades participaram das edições anteriores do Mapeamento de Experiências Exitosas de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa, uma parceria entre a Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa (Cosapi/Dapes/SAS), do Ministério da Saúde, e Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict), da Fiocruz. E este ano poderão de novo, junto com milhares de cidades no Brasil inteiro, concorrer na 5ª edição do Mapeamento de Experiências Exitosas de Gestão Pública no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa – 2017. 

A iniciativa, que tem por objetivo conhecer e dar visibilidade a boas práticas de municípios, estados, Distrito Federal no campo da saúde da pessoa idosa, existe desde 2013 e visa a escolher, a cada ano, nas cinco regiões do Brasil, as 14 melhores práticas. As inscrições – gratuitas – vão até o dia 31 de agosto e podem participar gestores, profissionais de saúde e interessados em geral de todo o país. 

Segundo projeção da população brasileira feita pelo IBGE, o país possui em torno de 207 milhões de habitantes, sendo que a população de pessoas com mais de 65 anos seria de 8,46%. O IBGE estima que em 2020 este número pulará para 9,42%. Daí, a importância do Mapeamento que visa também incentivar estratégias e ações que contribuam para qualificar o cuidado à pessoa idosa no Sistema Único de Saúde (SUS)

Conforme as regras do edital, “as experiências mapeadas podem estar relacionadas aos diferentes níveis de cuidados, da Atenção Básica à Especializada, desenvolvidas, por exemplo, junto a Estratégia de Saúde da Família (ESF), Unidades Básicas de Saúde (UBS), Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), Atenção Domiciliar, Atenção Hospitalar, entre outras, assim como experiências ligadas aos Distritos Sanitários Especiais Indígenas – DSEIS”.

As experiências serão analisadas por um comitê avaliador composto por representantes de gestores, pesquisadores, controle social, Comissão Intersetorial de Atenção à Saúde nos Ciclos de Vida (Criança, Adolescente, Jovem, Adulto (a) e Idoso (a) –CIASCV/CNS, Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa – CNDPI, Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde – CONASEMS, Conselho Nacional de Secretários de Saúde – CONASS, Organização Pan-Americana de Saúde – OPAS/OMS, ICICT/Fiocruz, Ministério da Saúde e outros, convidados pela COSAPI. As 14 selecionadas receberão o “Certificado de Reconhecimento de Experiência Exitosa, no âmbito do SUS” e todas as experiências inscritas, que estiverem de acordo com os critérios do Edital serão disponibilizadas no site Saúde da Pessoa Idosa, com destaque para as premiadas.

O Edital do 5º Mapeamento de Experiências Exitosas de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa está disponível ao lado e para obter outras informações, os interessados devem entrar em contato com a Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa/COSAPI/DAPES/SAS/MS, SAF Sul, Trecho 2, lotes 5/6, Torre 2 – Ed. Premium – Térreo – Sala 14, telefone (61) 3315-6226 e e-mail idoso@saude.gov.br

Fonte: ICICT/FIOCRUZ


TOP