Web documentário sobre experiência de organização do acesso ao atendimento oncológico em Três Rios já está disponível

por / segunda-feira, 26 março 2018 / Categoria Destaques, Notícia em Destaque, Notícias da Saúde

A experiência “A regulação do acesso das usuárias do SUS de Três Rios com câncer de mama” está registrada no WebDoc produzido pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Consems) e já está disponível no Youtube. De autoria de Romero Chaturni Bandeira e coautoria de Liliane Médici Bandeira e Alessandra Silva Ferreira, o trabalho foi escolhido como a melhor do estado do Rio de Janeiro durante a 14ª Mostra Brasil Aqui tem SUS, realizada em julho durante o 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, em Brasília.

A experiência do município de Três Rios, no Rio de Janeiro, consiste na organização do acesso ao atendimento oncológico voltado para mulheres com câncer de mama que foi reformulado a partir da Regionalização da Saúde e da Regulação de todas as pacientes. As mudanças garantem hoje melhor acolhimento, acesso oportuno e ágil dentro do SUS. No documentário de 8 minutos há entrevistas com as pacientes e, também, com a equipe responsável pela iniciativa. Assista!

Saiba mais sobre a experiência

A gravação do documentário aconteceu no início de dezembro, na cidade da região Centro Sul fluminense. Todo o processo, desde a gravação até a edição e disponibilização do registro da experiência em vídeo foi uma forma de premiação concedida pelo Conasems. A entidade selecionou uma experiência de cada estado da federação e tem disponibilizado os web documentários em seu canal no Youtube. No caso da experiência de Três Rios, os autores analisaram dados epidemiológicos, sistema de informação, protocolos, regulação e vigilância para, então, fazer uma intervenção no tratamento das mulheres com câncer de mama devido à sua alta morbimortalidade.

“O principal desafio era organizar no município de Três Rios o acesso das mulheres com câncer de mama ao tratamento tendo como diretrizes as normativas legais, as portarias ministeriais, deliberações e leis vigentes”, recorda Romero. Para o secretario municipal de Saúde e Promoção Social de Três Rios, Luiz Alberto Barbosa, o fortalecimento da regulação e a criação de uma linha de cuidado foram fundamentais para o êxito da experiência e para garantir a melhoria da qualidade de vida das pacientes. “Nos deparamos com um número muito alto de mulheres que morriam por causa do câncer de mama. Então, começamos a traçar medidas para que pudéssemos acolher melhor essas mulheres”, lembra Luiz Alberto.

Importância do novo formato de divulgação da experiência

Em entrevista ao Cosems RJ na época da gravação do documentário, Romero Chaturni avaliou que o registro dessa experiência em um mini-documentário feito para ser disponibilizado pela internet permite um uma adequação às novas formas de relacionamento e comunicação com o público. Ele lembrou que o formato em  facilitará o alcance às gerações mais jovens, de onde serão formados os novos gestores do Sistema Único de Saúde e que são tão familiarizadas com as mídias sociais.

“Com seu conteúdo diferenciado e de fácil memorização os webdocs atenderão a esse tipo de linguagem fazendo com que nosso trabalho seja consolidado no ambiente da Internet através de ferramentas que podem adicionar interesse ao espectador”, ressaltou. O formato multimídia, de acordo com Romero, possibilitará que a experiência seja conhecida e até reproduzida em outros municípios.

Veja os municípios de cada estado que terão suas experiências registradas em WebDocs.


TOP